Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Egito executa ex-militar que se transformou em líder jihadista

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Egito executa ex-militar que se transformou em líder jihadista

Achmawy foi preso na Líbia em outubro de 2018 e extraditado em maio de 2019 para o Egito. 

Hicham el-Achmawy, ex-oficial das Forças Armadas do Egito, foi executado, nesta quarta-feira (4), após se transformar em um dos mais temidos líderes jihadistas do país.

Após ser preso e extraditado da Líbia, Achmawy foi condenado à morte, em novembro de 2019, por uma quinzena de crimes, incluindo ataque a um posto de fronteira no qual 22 soldados morreram.

“Ele foi enforcado depois que todos os recursos judiciais foram esgotados”, disse o coronel Tamer al Rifai, porta-voz das Forças Armadas.

Achmawy foi executado dois dias depois de ser sentenciado pela segunda vez à morte por um tribunal civil, ao mesmo tempo que outros 36 réus, destaca a agência France-Presse.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email