- PUBLICIDADE -

Egito pede prisão provisória de médico do Brasil

Egito pede prisão provisória de médico do Brasil
- PUBLICIDADE -

Vídeo publicado pelo médico nas redes sociais mostra ofensa a vendedora egípcia.

O Ministério Público do Egito pediu a prisão provisória do médico Victor Sorrentino, do Brasil.

Sorrentino foi acusado de assédio sexual no país após divulgar nas redes sociais um vídeo no qual ofende uma vendedora muçulmana.

Em seu perfil oficial no Twitter, o órgão egípcio afirma que, enquanto aguarda as investigações, pediu a prisão provisória do brasileiro por quatro dias.

De acordo com o MP do Egito, o médico brasileiro é acusado de atacar os “preceitos e valores da família e da sociedade egípcia, violando a vida privada da vendedora e utilizando uma conta eletrônica para cometer esses crimes”.

É importante destacar que, segundo o sistema judicial do Egito, esse tipo de detenção provisória pode ser renovada a cada 15 dias.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -