Presidente do Egito renova estado de emergência

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O Presidente do Egito, Abdel Fatah al-Sisi, decidiu prolongar por mais três meses o estado de emergência no país, após atentados contra igrejas cristãs que fizeram mais de 40 mortos.

MENA, agência de notícias oficial egípcia, informou de que al-Sisi emitiu um decreto presidencial para renovar o estado de emergência por um período de três meses, a partir de 13 de janeiro.

O decreto entrará em vigor só após a aprovação do parlamento, por uma maioria de dois terços dos deputados.

Desde a primeira vez que se declarou o estado de emergência, a câmara votou a favor do seu prolongamento, apesar da Constituição egípcia estipular que só se pode aplicar de forma consecutiva durante um período de seis meses.

 

Com informações de: (1)

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.