EI tentou recrutar crianças para ataques suicidas na França

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O grupo extremista Estado Islâmico planejou recrutar crianças para realizar atentados suicidas na França, segundo revelou uma reportagem do jornal “Le Monde”.

De acordo com o veículo de informação, que cita uma testemunha, o objetivo era levar crianças que viveram na Síria para cometer ataques em países ocidentais.

O ex-jihadista francês Jonathan Geffroy, que se diz arrependido de sua radicalização, foi ouvido diversas vezes entre setembro de 2017 e fevereiro de 2018 e revelou o recrutamento dos “filhos do Califado” para perpetrar atos extremistas na Europa.

Segundo ele, a ideia partiu dos irmãos Jean-Michel e Fabien Clain, dois representantes de alto escalão do Estado Islâmico.

 

Com informações de BOL

Anúncio

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.