Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Eike é condenado a 11 anos de prisão e multado em R$ 871 milhões

Justiça concede habeas corpus a Eike Batista
COMPARTILHE

“[Eike] demonstrou fascínio incontrolável por riquezas”, diz juíza.

A Justiça do Rio de Janeiro condenou Eike Batista a 11 anos e 8 meses de prisão pelos crimes de manipulação do mercado de capitais e uso de informação privilegiada.  

O empresário também terá de pagar R$ 871 milhões de multa.  

Na sentença, a magistrada Rosália Monteiro Figueira escreveu: 

“[Eike] demonstrou fascínio incontrolável por riquezas, ambição sem limites que o levou a operar no mercado de capitais de maneira delituosa, com extremo grau de reprovabilidade”.  

Ainda de acordo com a magistrada: 

“[Eike quis obter] lucro fácil ainda que em prejuízo da coletividade, ‘acreditando’ em seu poder econômico e na impunidade que grande mal tem causado à sociedade brasileira.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Carmo
Carmo
20 dias atrás

Então, né? Quando Paulo Francis falou sobre o assalto à Petrobras, foi condenado a indenizar parte da corja que ou assaltava a estatal ou acobertava a safadeza de terceiros. Impóssível que não soubessem, depois de tudo o que veio à tona! E quem não se lembra do Odebrecht pai dizendo em depoimento que a imprensa “sempre soube de tudo”? Pois é. Quantas capas de revista Eike rendeu na grande imprensa! Será que ninguém sabia se tratar de um grande picareta? Duvido muito! A imprensa é corrupta. Acoberta a safadeza alheia e até faz propaganda para ladrões e corruptos, desde que paguem bem.