- PUBLICIDADE -

‘Ele cometeu um crime’, diz Bolsonaro sobre Greenwald

'Ele cometeu um crime', diz Bolsonaro sobre Greenwald
- PUBLICIDADE -

“Ele cometeu um crime. Espere que a Polícia Federal chegue realmente, ligue os pontos todos”, disse Bolsonaro sobre Greenwald.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a comentar sobre as ações do militante norte-americano Glenn Greenwald, editor e cofundador do site Intercept.

Em declarações publicadas pelo site O Antagonista, na manhã desta segunda-feira (29), Bolsonaro acusou Greenwald de ter cometido um crime:

“Ele cometeu um crime. Espere que a Polícia Federal chegue realmente, ligue os pontos todos. No meu entender, isso teve transações pecuniárias e, pelo que tudo indica, a intenção é sempre atingir, no caso aí, atingir a Lava Jato, atingir o Sergio Moro, atingir a minha pessoa, tentar desqualificar, desgastar.”

O chefe do Executivo acrescentou:

“Invasão de telefone é crime e ponto final. Não tem o que discutir isso daí. Não pode se escudar, ‘sou jornalista’. Jornalista tem que fazer seu trabalho. Preservar o sigilo da fonte tudo bem, agora uma origem criminosa, o cara quer preservar um crime, invadindo a República, desgastar o nome do Brasil fora, inclusive.”

Durante entrevista coletiva, no último sábado (27), Bolsonaro disse que Greenwald “pode pegar uma cana aqui no Brasil, não lá fora”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -