‘Ele cometeu um crime’, diz Bolsonaro sobre Greenwald

'Ele cometeu um crime', diz Bolsonaro sobre Greenwald
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“Ele cometeu um crime. Espere que a Polícia Federal chegue realmente, ligue os pontos todos”, disse Bolsonaro sobre Greenwald.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a comentar sobre as ações do militante norte-americano Glenn Greenwald, editor e cofundador do site Intercept.

Em declarações publicadas pelo site O Antagonista, na manhã desta segunda-feira (29), Bolsonaro acusou Greenwald de ter cometido um crime:

“Ele cometeu um crime. Espere que a Polícia Federal chegue realmente, ligue os pontos todos. No meu entender, isso teve transações pecuniárias e, pelo que tudo indica, a intenção é sempre atingir, no caso aí, atingir a Lava Jato, atingir o Sergio Moro, atingir a minha pessoa, tentar desqualificar, desgastar.”

O chefe do Executivo acrescentou:

“Invasão de telefone é crime e ponto final. Não tem o que discutir isso daí. Não pode se escudar, ‘sou jornalista’. Jornalista tem que fazer seu trabalho. Preservar o sigilo da fonte tudo bem, agora uma origem criminosa, o cara quer preservar um crime, invadindo a República, desgastar o nome do Brasil fora, inclusive.”

Durante entrevista coletiva, no último sábado (27), Bolsonaro disse que Greenwald “pode pegar uma cana aqui no Brasil, não lá fora”.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...