Português   English   Español

Eleição fraudulenta na Venezuela deve agravar migração ao Brasil

O número de refugiados fugindo da narcoditadura Maduro em direção ao Brasil deve aumentar após as fraudulentas eleições na Venezuela, marcadas para 20 de maio.

A Venezuela vive uma intensa crise social, política e econômica. A oposição alega que a ditadura manipula a eleição para garantir a vitória de Nicolás Maduro.

Segundo o oposicionista exilado Antonio Ledezma, a concretização do processo eleitoral pode aumentar a desesperança da população.

De acordo com informações da Tribuna da Internet:

“Caso se concretize a fraude no próximo 20 de maio, muita gente pode concluir que a luta está perdida e o que sobra para essa gente é a opção de ir embora. E isso pode aumentar a diáspora, a emigração”, disse Ledezma, que viajou para o Brasil como parte de um roteiro por vários países para discutir a crise na Venezuela. Ele vive no exílio em Madri.

Ledezma afirmou que os venezuelanos fogem do país porque essa é a única opção. “Ou é a vida ou a morte”, disse, assinalando esperar que os países não fechem suas fronteiras. “Os países estão se preparando para levar essa carga. Sabemos que muitas vezes somos uma carga, mas somos seres humanos, somos vizinhos”, relatou.

Deixe seu comentário

Veja também...