Eleição parlamentar dos EUA define equilíbrio de poder do Congresso

Idiomas:

Português   English   Español
Eleição parlamentar dos EUA define equilíbrio de poder do Congresso
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Depois de uma campanha polarizada marcada por embates sobre imigração, os eleitores dos Estados Unidos votam nesta terça-feira (6) para determinar o equilíbrio de poder do Congresso.

As primeiras eleições parlamentares desde que Donald Trump conquistou a Casa Branca em 2016 estão sendo tratadas pela grande mídia como um referendo do presidente republicano.

“Tudo que conquistamos está em jogo amanhã”, disse Trump a apoiadores na noite de segunda-feira (5) em Fort Wayne, no Estado de Indiana.

Todas as 435 cadeiras da Câmara dos Deputados e 35 dos 100 assentos do Senado estão em disputa nesta terça-feira (6) nas eleições. Também serão decididos 36 governos estaduais.

Segundo os institutos de pesquisa, os democratas devem conquistar o mínimo de 23 vagas que precisam para ter a maioria na Câmara, o que lhes permitiria frear a agenda legislativa de Trump e investigar seu governo.

Os republicanos devem manter sua pequena maioria no Senado, que atualmente é de duas cadeiras, preservando assim o poder para aprovar indicações à Suprema Corte e outras instâncias jurídicas.

 

Adaptado da fonte Reuters

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque