Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Eleições são anuladas no Quirguistão após intensos protestos

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Eleições são anuladas no Quirguistão após intensos protestos
COMPARTILHE

Prédios do governo foram invadidos pelos manifestantes e presos políticos foram libertados.

Realizadas no último domingo (4), as eleições do Quirguistão foram anuladas, nesta terça-feira (6), pelas autoridades eleitorais do país centro-asiático após protestos violentos. 

A população revoltada chegou a invadir o prédio do parlamento, reivindicando o poder durante a noite de segunda-feira (5). 

Os manifestantes exigiram uma nova votação. Em meio aos confrontos com policiais, centenas de pessoas ficaram feridas. Há relatos na imprensa local de que pelo menos uma pessoa morreu.

O protesto começou depois que apenas 4 dos 16 partidos que estavam concorrendo conseguiram atingir o mínimo de votos necessário para conseguir um assento no parlamento – três destas siglas são ligadas ao presidente Sooronbai Jeenbekov

Os opositores suspeitam de compras de votos e intimidação de eleitores, destaca o jornal Gazeta do Povo.

O Quirguistão está localizado em uma importante região estratégica, na fronteira com a China, onde há muito tempo existe um jogo de interesses geopolíticos envolvendo potências estrangeiras.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram