- PUBLICIDADE -

Eleitor não compra narrativa da grande mídia sobre fake news

- PUBLICIDADE -

A pesquisa do instituto FSB encomendada pela BTG Pactual mostrou que o eleitor brasileiro não é um alvo fácil de manipulação por meio das famosas fake news.

O levantamento divulgado nesta segunda-feira (15) aponta que apenas 5% dos eleitores que receberam informação mentirosa pelo WhatsApp podem ter sido enganados.

Conforme mencionado por O Antagonista, “os brasileiros escolheram seus candidatos a partir de fatos comprovados: que o PT roubou, por exemplo, e que seu líder foi preso por causa disso”.

Ainda de acordo com a pesquisa BTG, 53% dos eleitores entrevistados na pesquisa disseram não ter recebido informações via WhatsApp. 41% afirmaram ter recebido, mas desconfiou que algumas poderiam ser fake news.

O levantamento deixa claro que a desculpa utilizada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para justificar o fraco desempenho nas eleições não faz sentido algum.

A suposta disseminação em massa de fake news contra Fernando Haddad não está afetando a escolha do eleitor.

Trata-se de uma fake news sobre as fake news, conforme noticiado pela Renova Mídia.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -