- PUBLICIDADE -

Eleitor de Trump estrangulado por extremista de esquerda da ANTIFA

- PUBLICIDADE -

Um senhor de 56 anos quase foi assassinado por um terrorista da ANTIFA na cidade de Nova York, no sábado (20/01), quando ia embora de uma festa noturna organizada pelo jornalista Mike Cernovich para celebrar o primeiro aniversário da presidência de Donald Trump.

A vítima foi seguida pelo extremista de esquerda após deixar o local onde a festa estava sendo realizada. O eleitor de Trump caiu de cara no chão após ser atingido por um soco na nuca. Então, o meliante passou a estrangular o senhor.

A vítima foi resgatada quase sem pulso e precisou receber massagem cardíaca no local. Ele não recuperou a consciência até chegar no hospital. A polícia identificou o extremista como David Campbell de 30 anos.

Como de costume, quase nenhum veículo da grande mídia norte-americana publicou sobre o assunto, com exceção do New York Post e NY Daily News.

De acordo com o NY Post:

[David] Campbell alegadamente atacou o eleitor de Trump uma vez que estavam a um quarteirão de distância da festa, golpeando-o e sufocando-o tão agressivamente que ele não estava respirando e tinha um pulso bem leve.

Foto de KEVIN C. DOWNS do NEW YORK DAILY NEWS

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -