Português   English   Español

Eleitores desesperados apoiam Maduro em troca de sobrevivência

maduro-comicio

Eleitores veem o apoio ao ditador Nicolás Maduro como a única maneira de garantir empregos ou serviços públicos subsidiados.

Milhares de trabalhadores de fábricas e estatais são levados em ônibus aos comícios para ouvir Maduro em seus discursos antes da fraudulenta eleição de domingo (20).

Em um país que enfrenta a pobreza crescente e a fome extrema, muitos venezuelanos recebem sanduíches de presunto e queijo com suco para participar.

Alguns vieram com pedidos escritos à mão em notas dobradas, que eles imploraram aos guardas para entregar a Maduro no palco.

A Gazeta do Povo falou sobre esta questão em uma matéria sobre o último evento da campanha de Maduro:

Euclider Guerra, um operário de 35 anos, queria pedir uma cadeira de rodas para sua mãe. Yennifer Gold, 30 anos, mãe de quatro filhos, disse que foi ao evento na esperança de obter moradia do governo – e para garantir que ela continuasse recebendo as cestas de comida subsidiadas, ainda que menores.

“Sim, estamos lutando… com comida e água”, disse ela. A hiperinflação da Venezuela – a mais alta do mundo – está fazendo com que os alimentos ficassem foram do alcance de milhões. Ao mesmo tempo, disse ela, a cidade de 1,4 milhão de pessoas, como outras no país, também estava sofrendo com a escassez de água devido a falhas na rede e a falta de peças de reposição.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...