Português   English   Español

Marxistas do ELN atacam polícia e exército da Colômbia no leste do país

eln

O Exército de Libertação Nacional (ELN) atacou bases do exército e da polícia no leste da Colômbia, ações que se somam a outras realizadas por essa guerrilha ontem em diferentes pontos do país, informaram nesta quinta-feira (11/01) fontes oficiais.

A prefeitura local comunicou hoje no Twitter:

Expressamos repúdio e total rejeição ao ataque realizado ontem à noite por inimigos da paz contra as instalações da polícia de Saravena.

O ataque da ELN contra o quartel da polícia de Saravena, no departamento (província) de Arauca, aconteceu ontem durante a madrugada e não deixou vítimas.

Segundo contou aos jornalistas o comandante encarregado da polícia em Arauca, coronel Juan Eduardo Arcos, dois guerrilheiros dispararam várias vezes contra o quartel da polícia.

A ação, que causou danos no edifício, não deixou mortos nem feridos.

Por outra parte, o comandante das forças militares, general Alberto José Mejía, disse em entrevista à emissora “Blu Radio” que uma base militar do exército instalada no município de El Tarra, no departamento de Norte de Santander, também foi atacada por guerrilheiros.

O ELN começou ontem uma onda de ataques em diferentes partes do país depois que encerrou em 9 de janeiro o cessar-fogo bilateral de 100 dias com o governo colombiano.

Essas ações fizeram com que o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, ordenasse o retorno ao país para consultas dos negociadores de paz com essa guerrilha que estavam em Quito.

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário

Veja também...