PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Em Davos, Guedes apresentará Brasil como uma ‘democracia com economia vibrante’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Entre 22 e 25 de janeiro, durante um importante evento internacional, o governo Bolsonaro quer atualizar a perspectiva internacional do Brasil.

A participação do Brasil no Fórum Econômico Mundial (FEM) em Davos, na Suíça, será marcada pelo reforço da imagem do país como uma “democracia com economia vibrante do século 21”, informa o site “Poder 360“.

Outra mensagem será sobre a disposição do novo governo brasileiro de fazer comércio “sem viés ideológico”, com foco em parcerias bilaterais.

Durante o evento, o ministro da Economia, Paulo Guedes, deve repetir o discurso feito quando assumiu o cargo, mas de forma adaptada aos interesses da comunidade internacional.

A ideia é reforçar que a nova equipe econômica vai “tirar o Estado do cangote do empreendedor brasileiro”.

O ministro participará de sessão aberta sobre investimento em longo prazo do FMI (Fundo Monetário Internacional) conhecido como IGWEL (Informal Gathering of World Economic Leaders), encontros bilaterais com organizações como BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), OMC (Organização Mundial do Comércio), Câmara de Comércio Internacional, além de audiências com líderes empresariais dos setores de infraestrutura, energia, logística, fundos soberanos, fundos de investimento e empresas de tecnologia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.