Em editorial, Estadão classifica eleitor de Bolsonaro como ‘irracional’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Em editorial publicado nesta terça-feira (14), o jornal Estadão diz que o apoio de empresários ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, “carece de racionalidade”.

De acordo com o Estadão, “Bolsonaro não tem como fazer a reforma política e muito menos como sanear as finanças públicas e reativar a economia”.

Aparentemente, o jornal não ficou nada satisfeito com as recentes declarações de apoio de grandes nomes do empreendedorismo brasileiro, como o dono da rede varejista de artigos esportivos Centauro, o empresário Sebastião Bomfim Filho.

O Estadão diz que o nome de Jair Bolsonaro está sendo escolhido por muitos empresários que enxergam nele a pessoa certa para “implodir o atual sistema político”.

“Para os empresários que se dizem bolsonaristas, é preciso acabar com o presidencialismo de coalizão, em que o presidente precisa fazer acordos muitas vezes fisiológicos com diversos partidos para conseguir votos”, alegou o editorial.

A matéria do jornal O Estado de São Paulo não deixou o militar reformado nada satisfeito. Através do seu perfil no Twitter, Bolsonaro criticou o fato da publicação ofender seus eleitores.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.