Português   English   Español
Português   English   Español

Em Lisboa, Moraes diz que inquérito da censura vai continuar

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Em Lisboa Moraes diz que inquérito da censura vai continuar

Na capital de Portugal, o ministro disse que a Suprema Corte vem sendo alvo de ataques sistemáticos e, por isso, precisou atuar.

Em seu primeiro pronunciamento público após revogar censura contra revista e site, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, conversou com jornalistas, nesta segunda-feira (22), durante o intervalo do VII Fórum Jurídico de Lisboa.

“Não preciso fazer nenhuma avaliação, isso já foi resolvido na semana passada e nós vamos continuar investigando, principalmente – e esse é o grande objetivo do inquérito aberto por determinação do presidente do Supremo – as ameaças aos ministros do STF”, declarou o ministro.

Moraes salientou que a Suprema Corte optou por investigar atuações contra a instituição com o objetivo de desmoralizá-la:

“O que se apura, o que se investiga não são críticas, não são ofensas. Até porque isso é muito pouco para que o Supremo precisasse investigar. O que se investiga são ameaças graves feitas, inclusive, na deep web, como foi já investigado pelo próprio ministério público de São Paulo.”

E, segundo o Estadão, argumentou:

“É um verdadeiro sistema que vem se montando para retirar credibilidade das instituições.”

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!