Português   English   Español

Em medida inédita na Suécia, governo começa instalação de câmeras e microfones em guetos de muçulmanos para ‘conter’ criminalidade

O país vem sofrendo com drástico aumento na taxa de crimes, principalmente agressões sexuais.

O Conselho Administrativo de Estocolmo usará câmeras de vigilância e microfones para capturar sons como explosões, tiros, barulho de vidro quebrado e gritos de mulheres atacadas.

O primeiro teste da tecnologia será na cidade de Järva, onde um desfile do orgulho gay organizado para destacar a intolerância dos muçulmanos foi cancelado no ano passado após ameaças de morte contra o homossexual conservador Milo Yiannopoulos.

Oficial de segurança Joakim Söderström disse ao jornal Svenska Dagbladet:

Eu sei que a polícia de Nova York há muito tempo usa microfones com sucesso. Pelo que sei, no entanto, esta é a primeira vez que uma autoridade policial recebeu permissão para fazer esse tipo de coisa na Suécia.

Em matéria que publicamos na quarta-feira (15), você viu que o número de crimes sexuais aumentaram 35% em 2016: um total de 190 mil casos.

 

Com informações de: (1)
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...