Em meio à pandemia, ex-presidentes gastam milhões no 1º semestre

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

As despesas de Collor chegaram a R$ 496 mil -- o ex-presidente que mais gastou.

Os seis ex-presidentes da República gastaram R$ 2,5 milhões dos cofres públicos no primeiro semestre de 2021.

Em meio à pandemia da Covid-19, o montante seria suficiente para comprar 50 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Cerca de 90% desse valor foi gasto com os salários de assessores, seguranças e motoristas dos ex-presidentes. 

Quem mais gastou foi Fernando Collor de Mello, que atualmente é senador da República.

As despesas de Collor chegaram a R$ 496 mil. O petista Lula da Silva teve despesas totais de R$ 386 mil.

A ex-presidente Dilma Rousseff teve despesas de R$ 460 mil. O tucano Fernando Henrique Cardoso gastou R$ 382 mil

O último presidente do país, Michel Temer, teve gastos de R$ 410 mil.

As informações foram divulgadas em reportagem do jornal Gazeta do Povo.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.