- PUBLICIDADE -

Embaixada da China no Brasil critica Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro defende anonimato nas redes sociais

- PUBLICIDADE -

“As suas palavras são um insulto maléfico contra a China e o povo chinês”, diz embaixador chinês.

Yang Wanming, embaixador da China no Brasil, criticou, nesta quarta-feira (18), o deputado federal Eduardo Bolsonaro por conta de declarações sobre a nova variante de coronavírus.

Eduardo comparou a atual pandemia com o desastre nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, culpando o regime comunista chinês pela disseminação da doença.

Wanming repudiou as declarações de Eduardo, e afirmou que elas “vão ferir a relação amistosa China-Brasil”:

“As suas palavras são um insulto maléfico contra a China e o povo chinês. Tal atitude flagrante anti-China não condiz com o seu estatuto como deputado federal, nem a sua qualidade como uma figura pública especial.”

O embaixador chinês acrescentou:

“A parte chinesa repudia veementemente as suas palavras, e exige que as retire imediatamente e peça uma desculpa ao povo chinês. Vou protestar e manifestar a nossa indignação junto ao Itamaraty e à Câmara dos Deputados.”

O assunto também gerou críticas do perfil oficial da Embaixada da China: 

“As suas palavras são extremamente irresponsáveis e nos soam familiares. Não deixam de ser uma imitação dos seus queridos amigos. Ao voltar de Miami, contraiu, infelizmente, vírus mental, que está infectando a amizades entre os nossos povos.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -