Português   English   Español
Português   English   Español

Embaixador da Colômbia não descarta intervenção na Venezuela

Embaixador da Colômbia não descarta intervenção na Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O novo embaixador da Colômbia nos Estados Unidos, Francisco Santos, disse, na terça-feira (18) que a “Venezuela se transformou numa bomba relógio pronta para explodir”.

Em sua primeira atividade em Washington, nesta semana, o embaixador Francisco Santos participou de um evento do Centro de Estudos Estratégicos Internacionais, cujo tema principal foi a crise causada pelos refugiados da Venezuela nos países da região.

No local, qualificou Nicolás Maduro de “narcoditador” e pediu colaboração de outros países da América Latina para resolver a crise, que considera “de proporções épicas”. Acrescentou que a Colômbia “não irá observar a situação de maneira passiva”.

Indagado sobre a hipótese de uma intervenção militar, lançada pelo secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, o embaixador disse que “diante da crise política e humanitária do país vizinho, todas as opções devem ser consideradas para restabelecer a democracia no país.”

Esta, porém, não é a posição oficial do governo da Colômbia.

O presidente Iván Duque defende que os países da região levem ao Tribunal Penal Internacional, em Haia, as denúncias de abusos de direitos humanos, e tem uma posição mais linha-dura do que seu antecessor com relação à ditadura de Nicolás Maduro, tendo assumido o compromisso de confrontá-lo de forma mais rigorosa.

 

Adaptado da fonte Folha

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!