Embaixador do Brasil nos EUA rebate ataque de Bernie Sanders

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Diplomata brasileiro avisa Sanders que o governo Bolsonaro respeita a “liberdade de expressão e de imprensa”.

Nestor Forster, embaixador do Brasil nos Estados Unidos, enviou uma carta, nesta quinta-feira (23), a Bernie Sanders, pré-candidato democrata à Casa Branca.

No texto, Forster rebate afirmação de Sanders de que o presidente da República, Jair Bolsonaro, estaria ameaçando o militante norte-americano, Glenn Greenwald, pelo “crime” de fazer jornalismo.

“A imprensa livre nunca é mais importante do que quando expõe as malfeitorias dos poderosos. É por isso que o presidente Bolsonaro está ameaçando Glenn Greenwald pelo ‘crime’ de fazer jornalismo”, escreveu Sanders em um tuíte, como noticiou a RENOVA.

O embaixador Forster explicou a Sanders que, no Brasil, o Ministério Público Federal (MPF), que é o responsável pela denúncia contra Greenwald, e o governo federal não são a mesma coisa.

Na carta, segundo O Globo, o embaixador Forster explicou:

“Por essa razão [independência do MP e do Judiciário], sugestões de qualquer envolvimento do presidente Bolsonaro nesse caso [denúncia contra Glenn] são não só enganosas, mas inteiramente falsas. Além disso, liberdade de expressão e de imprensa são direitos garantidos pela Constituição brasileira como princípios fundamentais de uma sociedade democrática, que o governo brasileiro continuará a defender.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.