Emmanuel Macron diz que não quis ofender a Itália

Macron conversou com o premiê da Itália por telefone e afirmou que não quis ofender o povo italiano.

O presidente francês Emmanuel Macron conversou por telefone nesta quinta-feira (14) com o o premiê Giuseppe Conte onde afirmou que não quis ofender a Itália nem os italianos com seus comentários.

O líder da França chamou de “cínica e irresponsável” a medida de Roma de impedir que o barco Aquarius, com 630 imigrantes ilegais a bordo aportasse no país e recebeu duras repostas de autoridades do novo governo direitista italiano.

De acordo com informações do G1:

Na conversa desta quinta, Macron “ressaltou que não fez nenhum comentário com a intenção de ofender a Itália e o povo italiano”, informou a presidência francesa. Macron e Conte “falaram sobre a situação do barco Aquarius”, que segue para a Espanha, o único país que aceito recebê-lo.

Os dois concordaram que “França e Itália (devem) aprofundar a cooperação bilateral e europeia para realizar uma política migratória eficaz com os países de origem e de trânsito”.

Para abordar os muitos assuntos de interesse comum, Conte e Macron se reunirão em Paris na sexta-feira em um almoço, seguido de entrevista coletiva.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia