Emmanuel Macron não quer centros para migrantes na França

A França não acolherá nenhum centro para migrantes que desembarcarem na Europa, disse o presidente Emmanuel Macron.

A declaração foi feito depois de um acordo entre países da União Europeia (UE) que prevê criar esse tipo de centros controlados em solo comunitário.

Em uma coletiva de imprensa em Bruxelas, capital da Bélgica, o presidente francês afirmou:

A França não é um país na primeira linha das chegadas. Levando em conta sua situação, a França não abrirá centros desse tipo.

Emmanuel Macron foi o artífice do acordo adotado pelos 28 membros da UE para criar centros de controle nos Estados membros voluntários, onde será examinada a situação dos migrantes que chegam à Europa.

Mas, para Macron, estes centros devem ser instalados nos países de primeira linha das chegadas, ou seja, Itália, Grécia e Espanha.

 

Com informações de BOL
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia