Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Empresa criticada por campanha publicitária envolvendo Brumadinho

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Empresa criticada por campanha publicitária envolvendo Brumadinho

Marca de cosméticos divulgou imagens de um “ensaio-protesto” sobre Brumadinho mas foi intensamente criticada nas redes sociais.

Uma empresa de cosméticos de São Paulo causou polêmica nas redes sociais após postar uma campanha publicitária com modelos cobertos por lama em um “ensaio-protesto” em homenagem à tragédia de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Nas imagens publicadas na internet, um homem, uma mulher e um bebê aparecem com material semelhante a terra molhada nos corpos.

A empresa Jendayi Cosméticos e o fotógrafo Jorge Beirigo contrataram atores – que aparecem cobertos de lama, abraçados e segurando uma bandeira do Brasil – para interpretar as vítimas.

O fotógrafo, que também trabalha no marketing da empresa, afirmou em um post que “o objetivo da campanha é mostrar que existe uma marca de cosméticos que se preocupa com a beleza… beleza da vida”.

No entanto, apesar da ideia “positiva”, o post com a fotografia acumulou milhares de comentários negativos antes de ser apagado pela empresa.

Por volta das 20h desta segunda-feira (28), a marca publicou um pedido de desculpas. “As fotos tinham uma intenção de protestar e jamais de se aproveitar da situação”, diz o texto.

Veja a nota completa:

A Jendayi Cosméticos vem por meio desta pedir desculpas pela má repercussão da campanha veiculada por nós. Em nenhum…

Posted by Jendayi Cosméticos on Monday, January 28, 2019

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias