- PUBLICIDADE -

Empresas da Itália têm 3 dias para fecharem as portas

Empresas da Itália têm 3 dias para fecharem as portas
Imagem: Filippo Attili/Palazzo Chigi

- PUBLICIDADE -

Premiê da Itália dá 3 dias para empresas fecharem. Decreto ficará em vigor até 3 de abril.

Giuseppe Conte, primeiro-ministro da Itália, determinou, nesta segunda-feira (23), o fechamento de todas as atividades produtivas que não sejam estratégicas para o país.

De acordo com o decreto assinado por Conte, os negócios devem ser fechados em até três dias. A medida ficará em vigor até o dia 3 de abril.

O texto prevê que só serão “permitidas atividades que prestam serviços de utilidade pública, bem como serviços essenciais”. 

Além de mercados e farmácias, também serão garantidos serviços bancários, postais, securitários, financeiros e de transportes. 

Ao todo, segundo o portal Terra, o governo disponibilizará mais de 80 serviços reconhecidos como essenciais.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -