Empresas e sindicatos sob investigação por estimular paralisação

Conforme já havia sido mencionado pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, várias empresas, associações e sindicatos estão sendo investigados por locaute.

Na sexta-feira (25), o ministro Raul Jungmann disse que a Polícia Federal investigaria se havia indícios de que a greve dos caminhoneiros estava sendo coordenada e incentivada por empresários do setor.

Neste domingo (27), o Fantástico ofereceu uma lista com alguns nomes que estão sendo investigado pelo Cade por suspeita de fraude durante a greve dos caminhoneiros:

– NTC & Logística

– Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA)

– Confederação Nacional do Transporte (CNT)

– Federação dos Caminhoneiros Autônomos de Cargas em Geral do Estado de São Paulo (Fetrabens)

– União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam)

– Sindicatos dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Distrito Federal (Sindicam-DF)

– Sindicato Nacional dos Cegonheiros (Sinaceg)

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia