- PUBLICIDADE -

Engenheiros do ITA apresentam modelo para certificação do voto

PT quer remoção de conteúdo questionando segurança das urnas
- PUBLICIDADE -

Solução tem custo baixíssimo e aproveita urnas eletrônicas.

Um grupo de engenheiros formados pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) propôs uma solução para confirmar a integridade dos resultados das eleições no Brasil

A iniciativa partiu da “Associação GRITA!“, uma entidade sem fins lucrativos, que reúne a equipe de engenheiros.

Com a solução proposta, cada voto será um documento eletrônico, destaca uma reportagem publicada, nesta quinta-feira (13), pelo jornal Gazeta do Povo.

Peritos da PF apontam duas falhas nas urnas eletrônicas

O engenheiro Guy Manuel, um dos idealizadores da associação, explicou que este é o mesmo processo usado na emissão de qualquer nota fiscal, que tem uma chave de acesso, um número e um QR Code. 

Manuel declarou:

“A tecnologia usada hoje não atende ao requisito de ter cada voto certificado digitalmente e é isso que estamos propondo.”

E acrescentou:

“A solução já existe, só que não está sendo aplicada ao sistema eleitoral.”

O engenheiro completou:

“Tudo é feito através de um ambiente de infraestrutura de chaves públicas. Ou seja, não precisa inventar nada, tem algumas interfaces para serem desenvolvidas, mas isso a própria estrutura da Justiça Eleitoral dará conta.”

Manuel explicou que o grupo está tentando apresentar a proposta ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso

“Essa semana falamos sobre o assunto com a deputada Bia Kicis, autora da PEC do Voto Auditável Impresso em Papel. Ela ficou interessada e quer conhecer melhor a solução.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -