Equador diz que Assange tentou criar ‘centro de espionagem’

Idiomas:

Português   English   Español
Equador diz que Assange tentou criar ‘centro de espionagem’
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Presidente do Equador diz que Julian Assange tentou criar “centro de espionagem” na embaixada.


O presidente equatoriano, Lenín Moreno, afirmou neste domingo (14) que Julian Assange tentou criar um “centro de espionagem” na embaixada do Equador em Londres.

No poder desde 2017, Moreno concedeu entrevista ao jornal britânico The Guardian, onde justificou sua decisão de retirar o asilo do fundador do WikiLeaks, que foi preso na última quinta-feira.

De acordo com a UOL, Moreno declarou:

“Não podemos permitir em nossa casa, a casa que abriu suas portas, nos tornarmos um centro de espionagem. Essa atividade viola as condições de asilo.”

O presidente equatoriano denunciou também a atitude “absolutamente repreensível e escandalosa” de Julian Assange na embaixada e seu “comportamento inapropriado em matéria de higiene”.

Segundo Quito, Assange teria sujado as paredes com suas fezes.

Entrevistada pela Sky News, a advogada de Assange, Jennifer Robinson, negou essas acusações, que classificou de “escandalosas”.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...