Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Equador ordena captura do ex-presidente Rafael Correa

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Correa foi ligado ao caso devido a uma quantia de US$ 6 mil que estava em sua conta bancária.

A Justiça do Equador ordenou, nesta quarta-feira (23), a captura do ex-presidente Rafael Correa.

A ordem ocorre após condenação de oito anos de prisão por corrupção. A decisão foi confirmada em última instância no início de setembro.

Correa, que é um dos membros mais conhecidos do Foro de São Paulo, chefiou a nação entre 2007 e 2017 e atualmente se encontra na Bélgica, país de origem de sua esposa, Anne Malherbe Gosselin.

Além da prisão, a Justiça equatoriana decidiu incluir a perda dos direitos políticos de Correa, bem como sua desqualificação vitalícia para desempenhar cargos eleitos popularmente, destaca o jornal Gazeta do Povo.

Para a Justiça, ficou comprovado que o ex-presidente e ex-colaboradores dele receberam propina para firmar contratos com diversas empresas, inclusive a empreiteira brasileira Odebrecht.

Correa vem alegando ser perseguido pelo governo do atual presidente, Lenín Moreno, que era seu antigo aliado.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram