Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Equador vive dia de protestos apesar de estado de exceção

Equador vive dia de protestos apesar de estado de exceção
COMPARTILHE

“No dia de hoje, quase a totalidade do Equador está em paz”, disse o presidente Moreno.

Apesar do decreto de estado de exceção, o Equador enfrenta nesta sexta-feira (4) um novo dia de protestos contra o fim dos subsídios sobre a venda de combustíveis.

A medida que faz parte de um acordo entre o governo e o Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou em mais de 100% o valor do combustível, gerando intensos protestos e levando a oposição a sonhar com um processo de impeachment.

No entanto, os protestos de hoje são menos intensos do que os registrados ontem, quando estradas e avenidas de várias cidades do país foram bloqueadas por filiados às principais centrais sindicais do setor de transportes e estudantes.

Amparados no estado de exceção, militares retiraram hoje barreiras das estradas, informa a agência EFE.

“No dia de hoje, quase a totalidade do Equador está em paz”, disse Moreno, que comemorou a “resposta imensa” da população ao que chamou de “decisão valente do governo”.

“Sob nenhuma circunstância vou mudar essa medida. Que fique claro: o subsídio foi eliminado”, frisou o presidente equatoriano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários