Português   English   Español

Equipe de Guedes prepara anúncio do programa de privatizações

Equipe de Guedes prepara anúncio do programa de privatizações
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Governo estuda estratégia para divulgar projeto e rebater narrativa de que a venda de estatais contraria interesses brasileiros.


A equipe econômica do governo Jair Bolsonaro se prepara para anunciar os detalhes de um ambicioso programa de privatização, mas ainda estuda a melhor estratégia para divulgar o projeto.

O time do ministro da Economia, Paulo Guedes, quer “desconstruir” a narrativa de que a venda de estatais vai contra os interesses e a soberania do Brasil.

A percepção no Ministério da Economia é de que, embora a resistência à privatização tenha diminuído nos últimos anos, uma parcela da sociedade e do Congresso ainda se opõe às privatizações.

O programa elaborado por Guedes poderá render até R$ 450 bilhões para os cofres do governo, de acordo com um levantamento feito pelo jornal Estadão.

Em princípio, segundo uma fonte do ministério ouvida pelo portal Terra, a ideia do projeto é seguir o bem-sucedido modelo adotado para a reforma da Previdência, com a realização de uma grande entrevista coletiva em Brasília.

Na coletiva, o secretário Especial de Desestatização e Desinvestimento, Salim Mattar, e seus principais assessores fariam uma apresentação aos jornalistas dos principais veículos de comunicação e responderiam às dúvidas sobre o programa durante o tempo que fosse necessário, de preferência com transmissão em rede nacional por algum canal de TV.

Outra possibilidade que está sendo analisada é “fatiar” o programa e anunciá-lo por etapas, para não criar resistências desnecessárias, com a divulgação de todos os detalhes de uma vez só.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...