Português   English   Español

Equipes jornalísticas atacadas por extremistas da CUT

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Equipes do jornal Correio Braziliense e do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) foram atacadas por extremistas da CUT.


Segundo informações do jornal de Brasília:

Uma repórter, uma fotógrafa e um motorista do Correio Braziliense foram agredidos no noite desta quinta-feira (5/4), em frente à sede da Central Única dos Trabalhadores do Distrito Federal (CUT-DF), no Setor de Diversões Sul, no Plano Piloto. Pelo menos 30 manifestantes partiram para cima do carro do jornal, no qual estavam os profissionais, e quebraram um dos vidros do veículo.

Enfurecidos, os agressores gritavam ofensas contra a imprensa, contra o jornal e em defesa do ex-presidente Lula, que teve a prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro, com o aval do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) menos de 24 horas após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar seu pedido de habeas corpus. Os manifestantes quebraram o vidro traseiro do carro do jornal com socos.

O Antagonista também publicou uma nota sobre o assunto:

Além do carro com a repórter e a fotografa do Correio Braziliense –cercado por 30 pessoas–, a equipe do SBT também foi agredida diante da sede da CUT em Brasília.

“Vocês vão sair daqui pro bem de vocês”, disse um manifestante contrário à prisão de Lula, de acordo com o relato do repórter Daniel Adjuto.

O jornalista Renato Alves falou sobre a agressão.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, disse nesta quinta-feira (05) que era “hora de resistência e manifestação” contra a “aberração” da prisão de Lula.

Logo após o juiz Sergio Moro decretar a prisão do ex-presidente, um manifestante anti-PT foi agredido por militantes do partido na frente do Instituto Lula.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...