Português   English   Español

Erdogan continua mandando qualquer tipo de oposição à prisão perpétua

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Tribunais na Turquia condenaram 106 pessoas à prisão perpétua, incluindo oficiais militares de alta patente sob acusação de participação na tentativa de golpe de 2016.


Cerca de 104 dos 280 réus receberam penas de prisão perpétua em Izmir e 2 em Gaziantep, segundo o jornal Daily Sabah. Todos os réus foram expulsos do Exército logo após a tentativa de golpe, acrescentou o jornal.

Em 15 de julho de 2016, uma suposta tentativa de golpe militar na Turquia deixou mais de 240 pessoas mortas.

O regime islâmico de Recep Tayyip Erdogan acusou o clérigo islâmico Fethullah Gulen, que mora nos Estados Unidos desde 1999, além de seus seguidores de orquestrarem a tentativa de golpe. Gulen sempre refutou as alegações.

Após este evento, Erdogan iniciou um expurgo que já culimou na prisão de milhares de funcionários públicos, militares, educadores, ativistas e jornalistas por suspeita de ligação com Gulen.

 

Com informações de: [Sputnik]

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...