Português   English   Español

Ernesto Araújo é um crítico ferrenho do ‘marxismo cultural globalista’

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou o seu escolhido para ocupar o Ministério das Relações Exteriores em seu futuro governo.

O diplomata de carreira Ernesto Fraga Araújo, responsável por Estados Unidos e Canadá no Itamaraty, foi anunciado como chanceler por Jair Bolsonaro em tuíte na tarde desta quarta-feira (14).

Em um artigo intitulado “Trump e o Ocidente”, publicado em um periódico diplomático, Ernesto Fraga mostrou ao time de Bolsonaro que ele compartilha de sua visão de mundo.

No texto, o futuro chefe do Itamaraty, Ernesto Araújo, argumenta que Donald Trump está salvando a civilização cristã ocidental do “islamismo radical” e do “marxismo cultural globalista” ao defender a “identidade nacional, os valores familiares e a fé cristã, enquanto a Europa não o faz”.

As informações foram publicadas por Paulo Kramer, professor de Ciência Política que aconselhou a campanha presidencial do PSL, e reproduzidas em matéria da Renova Mídia.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter