Erupção do vulcão Kilauea ameaça milhares de lares no Havaí

Milhares de pessoas foram aconselhadas a abandonarem suas residências na principal ilha do Havaí, na quinta-feira (3), diante da erupção do vulcão Kilauea, que tem provocado uma série de tremores de terra.

“O Departamento de Obras Públicas verificou emissões de vapor e lava na cratera da subdivisão Leilani na área de Mohala Street”, informou a Defesa Civil em sua página do Facebook.

Um funcionário da Defesa Civil acrescentou que, nessa área sob risco, vivem cerca de dez mil pessoas, e que a evacuação é “voluntária”.

De acordo com informações do BOL:

Especialistas da unidade de observação de vulcões do Serviço Geológico (USGS) estão na zona para avaliar a erupção, que começou por volta das 4h45 local.

Por volta das 10h30 da manhã, um terremoto de magnitude 5 ao sul da cratera Puu Oo gerou deslizamentos de rochas e seu potencial colapso para dentro, segundo o USGC. Foi o mais importante de uma centena de sismos, alguns de menor intensidade, de magnitude 2, registrados desde segunda-feira.

“Uma coluna de fumaça de curta duração produzida por este evento se elevou ao céu e está se dissipando para o sudoeste a partir de Puu Oo”, assinala o USGC, advertindo que as pessoas nesta direção “podem sofrer com a queda de cinzas”.

Sobre a zona, uma grande coluna de cinzas de cor rosada se elevava, e as autoridades alertaram para uma subsequente “inundação de lava”, incêndios, fumaça e novos sismos.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *