Escassez hídrica histórica na maior represa dos EUA

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Desde 2000, a redução das represas do rio Colorado tem sido dramática.

O governo dos Estados Unidos anunciou, nesta segunda-feira (16), que o lago Mead, a maior represa do país, vai operar em históricas condições de escassez de água em 2022.

O reservatório localizado na fronteira entre Nevada e Arizona abastece milhões de pessoas no oeste do território norte-americanoa e está com o nível mais baixo desde sua criação, na década de 1930.

A informação está presente em projeções do estudo bianual, que analisa as condições da bacia do rio Colorado.

De acordo com a agência encarregada dos recursos hídricos dos EUA:

“O sistema do rio Colorado está atualmente em 40% de sua capacidade, uma redução comparável aos 49% registrados nesta época no ano passado.”

Já o lago Powell, o segundo reservatório do país, também alimentado pelo rio Colorado, também atingiu seu menor nível: 32% de sua capacidade.

Ainda segundo as projeções, no ano que vem o plano de contingência exigirá uma redução de cerca de 18% da alocação anual para o Arizona; de 7% para Nevada; e de 5% para o México.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.