Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Escolas canadenses querem alunos com vergonha da pele branca

COMPARTILHE

Diretores de instituições de ensino da província de Colúmbia Britânica estão tentando combater o racismo, publicando uma série de cartazes nas paredes das escolas, em um esforço para educar os alunos sobre os males do “privilégio branco”.

Os cartazes foram baseados em uma campanha semelhante montada no verão passado em Saskatoon e trazem mensagens encorajando os alunos a “enfrentar o racismo” e não “ficar cegos para o sistema invisível de que você faz parte“.

A campanha sugere que os alunos com a pele branca, mesmo que não sejam racistas, ainda se beneficiam do “privilégio branco” e, portanto, precisam expiar a injustiça inerente à sua raça.

A Superintendente das Escolas, Teresa Downs, declara em um cartaz:

Eu me beneficiei injustamente da cor da minha pele. O privilégio branco não é aceitável.

Ao invés de minimizar a importância da raça e valorizar a união da humanidade, Teresa Downs e seus companheiros de armas acreditam que é fundamental que estudantes e cidadãos se tornem cada vez mais conscientes da própria raça.

O sonho do reverendo Martin Luther King Jr. sobre “um dia em que as pessoas não serão julgadas pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo de seu caráter“, aparentemente, não é compartilhado por aqueles que administram as escolas da Colúmbia Britânica no Canadá.

 

Com informações de: [Breitbart]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE