Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Escola usa texto rotulando eleitores de Bolsonaro de ‘desorientados’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Escola usa texto rotulando eleitores de Bolsonaro de 'desorientados'

O colégio Faap de Ribeirão Preto incluiu numa prova aplicada aos alunos do 3.º ano e cursinho, domingo (23), dois textos publicados na imprensa com duras críticas ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Num deles, da escritora Tati Bernardes, os eleitores do candidato são chamados de “desorientados” e ele, de “boçal”.

O outro, do servidor federal Celso Rocha de Barros, garante que, se eleito, Jair Bolsonaro dará um golpe de estado. “Se você quiser eleger Bolsonaro, aproveite, porque deve ser seu último voto”, diz no primeiro parágrafo.

As questões sobre os dois textos se restringiram à gramática, sem conotação política.

O diretor-geral da escola, Lafayette Tourinho Neto, disse ao Estadão que “respeita a autonomia dos professores”, mas, nesse caso, houve um “erro grave”.

Ele explicou:

Os textos são dogmáticos, agressivos e ofendem os eleitores do candidato. Não havia contraponto. Foi uma infelicidade grave.

E acrescentou:

A escola agrediu dois princípios: respeito à pluralidade e ao próximo. Vamos refletir sobre isso.

Segundo informações recentes da Renova Mídia, o plano de governo de Bolsonaro para a educação pretende incutir nos alunos do Brasil o respeito à pátria e a ética, ensinando hinos, símbolos e como funcionam as instituições nacionais.

Adaptado da fonte Estadão

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email