Português   English   Español

Escutas mostram interesse do PCC em invadir a Rocinha

BRAZIL-SHANTYTOWN-ROCINHA-FEATURE

O interesse no Rio de Janeiro se deve a, pelo menos, dois fatores: mercado consumidor de drogas e domínio sobre o porto, um dos mais importantes do Brasil.

De acordo com investigações da Polícia Civil de São Paulo, o Primeiro Comando da Capital (PCC) planeja ampliar sua atuação no estado do Rio de Janeiro, hoje dominado majoritariamente pela facção rival Comando Vermelho.

Segundo escutas telefônicas as quais a polícia de São Paulo teve acesso, a prioridade da organização criminosa paulista é invadir a favela da Rocinha, considerada a maior comunidade do Rio de Janeiro, com quase 70 mil habitantes de acordo com o Censo Demográfico de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O interesse no Rio se deve a, pelo menos, dois fatores: mercado consumidor de drogas e domínio sobre o porto, um dos mais importantes do país, para expandir a exportação das substâncias ilícitas.

Em São Paulo, a facção já teria influência sobre o porto de Santos, um dos maiores do território nacional.

A estratégia da facção no estado é buscar aliados para conquistar territórios. No entanto, um dos motivos que explicam a atual falta de capilaridade nas cidades fluminenses é que o Comando Vermelho teria uma “base social” mais eficiente do que a do PCC, ancorado em domínio territorial e de pontos de drogas.

 

Com informações do R7

Deixe seu comentário

Veja também...