Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Esfaqueador de Bolsonaro demonstra frieza e nenhum arrependimento

COMPARTILHE

Preso em flagrante pelo atentado contra Jair Bolsonaro em Juiz de Fora, Adélio Bispo foi interrogado em audiência de custódia. Calmo ao responder às perguntas, ele não aparentou transtorno mental.

O servente de pedreiro Adélio Bispo de Oliveira, preso em flagrante pela agressão com faca ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), demonstrou frieza e nenhum arrependimento ao ser interpelado na audiência de custódia realizada pela Justiça, na sexta-feira (7), um dia após sua prisão.

As gravações da audiência foram divulgadas nesta segunda-feira (10), com exclusividade, pelo revista Crusoé.

Aparentando calma, o acusado disse à juíza Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho, da 2.ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), que o objetivo do atentado era “dar uma resposta, um susto”, no presidenciável e que ele, “como milhões de pessoas”, se sentia “ameaçado pelo discurso da referida pessoa [Bolsonaro]”.

Indagado por Zanone Manoel de Oliveira Junior, um dos seus quatro advogados, se as motivações para o ataque tiverem viés político e religioso, Adélio Bispo disse que “as duas coisas”.

Perguntando se fazia uso de remédios controlados, ele disse que já tomou diferentes tipos de medicamentos controlados, mas “não nesse momento”. “Já há um bom tempo que não visito um médico”

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE