Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Esfaqueador de Bolsonaro transferido para hospital psiquiátrico

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Juiz absolve Adélio, mas determina internação

Adélio atacou Bolsonaro em uma caminhada pelas ruas de Juiz de Fora durante a campanha eleitoral.

A transferência de Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada contra o então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, em 2018, foi determinada, nesta sexta-feira (13), pelo juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal, em Juiz de Fora.

Adélio será transferido para o Hospital Psiquiátrico de Custódia Jorge Vaz, em Barbacena, também em Minas Gerais

O pedido de transferência foi feito pela Defensoria Pública da União (DPU) e teve parecer favorável do Ministério Público Federal (MPF).

De acordo com denúncia feita pelo MPF e aceita pela Justiça, Adélio colocou em risco o regime democrático ao tentar interferir no resultado das eleições do Brasil por meio do assassinato de um dos concorrentes na disputa presidencial, informa a revista Veja.

A defesa de Adélio afirma que ele agiu sozinho e que o ataque foi apenas “fruto de uma mente atormentada e possivelmente desequilibrada”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email