Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Eslováquia também abandona pacto da ONU sobre migração

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Eslováquia também abandona pacto da ONU sobre migração
COMPARTILHE

O documento das Nações Unidas sobre migração é controvertido e vem sendo rejeitado por vários países.

A Eslováquia declarou sua retirada do pacto global sobre migração proposto pela Organização das Nações Unidas.

“Como chefe de governo, rejeito o texto do pacto migratório e rejeito que ele valha na Eslováquia”, anunciou o premiê Peter Pellegrini.

Legalmente não vinculativo, o acordo, segundo a ONU, visa organizar melhor o êxodo e a migração em nível global, e tem assinatura prevista para o encontro da ONU de 10 e 11 de dezembro, no Marrocos.

Com o anúncio de Bratislava, distanciam-se do pacto todos os quatro integrantes do Grupo de Visegrado – Eslováquia, Hungria, Polônia, República Tcheca –, aliança formada em 1991 pelos países centro-europeus membros da União Europeia e da Otan, para fins de cooperação militar, cultural, econômica e energética.

Além dos países de Visegrado, os Estados Unidos, Israel, Áustria, Austrália e Bulgária também avisaram que não vão assinar o documento da ONU.

Adaptado da fonte DW
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram