Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Espanha conecta primeira usina solar flutuante à rede elétrica

Espanha conecta primeira usina solar flutuante à rede elétrica
COMPARTILHE

Onde há incidência abundante de sol, mas pouca terra, essa tecnologia tem um potencial enorme.

Localizada no município de Zorita, na província de Cáceres, a primeira central solar fotovoltaica flutuante foi conectada à rede eléctrica da Espanha.  

Sol e água se unem para gerar energia limpa e renovável por meio de uma tecnologia que, segundo especialistas, tem perspectivas excelentes para o futuro. 

O empreendimento é de responsabilidade da Acciona, uma das empresas líderes mundiais na geração de energia fotovoltaica em diversos ambientes. 

O grupo já acumula experiência no desenvolvimento de instalações fotovoltaicas em terra, mas agora detectou a oportunidade de explorar as possibilidades do meio aquático. 

“Na Ásia-Pacífico, onde há incidência abundante de sol, mas pouca terra, essa tecnologia tem um potencial enorme”, explica Belén Linares, diretor de inovação da Acciona.  

E a Espanha, que tem mais de 1 mil reservatórios e 2,5 mil concentrações de água, de acordo com dados oficiais, pode crescer nesse tipo de tecnologia e abrigar mais instalações com essas características. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE