Português   English   Español
Português   English   Español

Espanha desenvolve robô para reabrir minas abandonadas

Espanha desenvolve robô para reabrir minas abandonadas

Os primeiros testes do robô foram realizados em minas localizadas na Finlândia, Eslovênia e Portugal.

Uma equipe liderada por engenheiros da Universidade Politécnica de Madrid, na Espanha, desenvolveu um robô capaz de mergulhar em minas cheias de água. 

A missão dos robôs é coletar informações essenciais para embasar a reabertura da mina, evitando a criação de novas estruturas em locais ainda intocados.

Os robôs farão um trabalho que não pode ser feito por mergulhadores humanos, visto que este tipo de tarefa é descartada devido aos riscos envolvidos. 

Além disso, os altos custos não torna viável investir na secagem dessas antigas minas sem um estudo prévio sobre a composição mineralógica.

O primeiro robô subaquático desenvolvido neste projeto recebeu o nome de Explorador Robótico UX-1a. Ele foi projetado para navegar autonomamente nos túneis das minas e reconstruir um mapa das estruturas para avaliar sua composição e a possível presença de matérias-primas.

Segundo o site Inovação Tecnológica, o pesquisador Claudio Rossi, gerente do projeto, declarou:

“Do ponto de vista tecnológico, este projeto lida com três desafios principais: o primeiro é construir um robô capaz de trabalhar em um ambiente subaquático real de até 500 metros de profundidade.”

E acrescentou:

“O segundo desafio é alcançar a navegação autônoma em ambiente desconhecido, já que não há comunicação com o exterior e, finalmente, o terceiro desafio é desenvolver instrumentação científica ad-hoc para avaliar as informações geofísicas.”

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: