Espanha diz que Nicarágua está ‘quase em guerra civil’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O chanceler espanhol Josep Borrell recomendou nesta segunda-feira (23) que os cidadãos do país não viagem para a Nicarágua porque o país está “quase em uma guerra civil” em razão da repressão do líder esquerdista Daniel Ortega contra manifestantes que pedem sua saída.

Josep Borrell mencionou a situação no país caribenho durante a apresentação em Madri de uma campanha para que os espanhóis viagem de maneira segura para o exterior durante as férias.

No caso da Nicarágua, além da declaração do ministro, o site do ministério também “desaconselha a viagem” na seção de seu site sobre recomendações de viagem.

“O nível de risco elevado vale para todo o país. A insegurança aumentou como consequência do atual conflito social e político”, diz a mensagem.

 

Com informações do Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.