Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Espanha e França condenam ditadura Maduro por barrar deputados

Espanha e França condenam ditadura Maduro por barrar deputados
COMPARTILHE

A Venezuela expulsou no domingo (17) uma missão de deputados do Parlamento Europeu que iria visitar o país.

Os parlamentares europeus estavam com várias reuniões agendadas na Venezuela, entre elas uma com o presidente interino Juan Guaidó.

Em seu perfil pessoal no Twitter, o chanceler Jorge Arreaza informou que os parlamentares europeus foram notificados que não poderiam ingressar na Venezuela, como noticiou a RENOVA.

A ação da ditadura de Nicolás Maduro gerou condenação de Espanha e França.

À imprensa, o chanceler espanhol Josep Borrell afirmou:

“Naturalmente queríamos que eles visitassem o país e condenamos a atitude do Governo da Venezuela, do senhor Maduro, do Governo que como sabem é questionado.”

Segundo a agência EFE, o chanceler francês Jean-Yves Le Drian declarou:

“Protestamos energicamente pelas condições nas quais foram expulsos hoje cinco deputados europeus na Venezuela.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários