Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Especialista da ONU: sanções contra Venezuela violam direitos humanos

COMPARTILHE

Após sua viagem pela Venezuela, o especialista da ONU, Alfred de Zayas afirmou que as tentativas dos Estados Unidos de “sufocar” a economia do país sul-americano são causadas por um “desejo de alterar o regime”.

O especialista também disse que o governo Trump quer “regressar aos anos corruptos de 80 e 90, quando as empresas norte-americanas eram donas de tudo, inclusive do petróleo“.

Alfred de Zayas, especialista independente da ONU viajou à Venezuela em dezembro do ano passado, onde teve a oportunidade de dialogar com vários representantes da sociedade, desde oposicionistas, membros da Federação de Câmaras de Comércio da Venezuela (Fedecâmaras), principal organização de sindicatos empresariais, e organizações não governamentais que se opõem ao governo, até os deputados de Assembleia, cientistas e representantes de igreja.

O especialista esqueceu de mencionar os efeitos drásticos das políticas socialistas da ditadura de Nicolás Maduro e, como todo bom esquerdista, colocou a culpa da crise no “imperialismo norte-americano”:

As consequências das sanções são as crianças morrendo de desnutrição; adultos e idosos, que morrem por não terem acesso aos remédios contra câncer, AIDS, ou diabetes.

Zayas acredita que as sanções devem ser tratadas como crime contra a humanidade, já que os governos que o cometem, devem responder perante a Corte Penal Internacional.

 

Com informações de: [Sputnik]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE