- PUBLICIDADE -

Espécie invasora de peixe aproveita transposição do Velho Chico

Foto: PISF / Ministério do Desenvolvimento
- PUBLICIDADE -

Este peixe foi identificado pela 1ª vez na região após a transposição do rio.

A transposição do rio São Francisco ajudou uma nova espécie de peixe a se proliferar na bacia do rio Paraíba do Norte.

A invasão do peixe Moenkhausia costae, popularmente conhecido como tetra fortuna, pode provocar um desequilíbrio no ecossistema da região, pois é um competidor direto de outras espécies nativas de peixes. 

Foto: Pesquisadores/Arquivo

Publicado na edição de maio da revista Biota Neotropica, um estudo sobre o assunto foi feito por pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em parceria com as universidades federais do Rio Grande do Norte e da Paraíba.

Em uma coleta feita no rio após a transposição, em janeiro de 2020, os pesquisadores conseguiram coletar 36 peixes da espécie.

Eixo Norte da Integração do São Francisco volta a funcionar
Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco

“Nessa amostragem, a Moenkhausia costae foi a terceira espécie mais abundante, o que nos levou a inferir que a espécie está se proliferando no açude”, destacou o pesquisador Telton Ramos, autor do estudo.

Ramos alertou:

“A introdução de espécies exóticas é considerada uma das maiores causas de perda de biodiversidade nativa em todo o mundo, levando muitas populações à extinção.”

E completou:

“É necessário muito cuidado em projetos transposição, para que situações como essa não ocorram com frequência. O projeto da transposição do rio São Francisco previa diversas barreiras que em tese impediriam a passagem de peixes pelos canais, mas pelo jeito, não foram suficientes.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -