Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Espermatozoides de 100 milhões de anos são encontrados no Mianmar

Espermatozoides de 100 milhões de anos são encontrados no Mianmar
COMPARTILHE

Os espermatozoides pertencem a um crustáceo chamado pelos cientistas de "Myanmarcypris hui".

Um grupo internacional de paleontólogos descobriu alguns espermatozoides fossilizados de um minúsculo crustáceo que teria 100 milhões de anos. 

Estes são os espermatozoides mais antigos encontrados até hoje. Até então, o mais antigo esperma fossilizado encontrado tinha 17 milhões de anos.

O time de pesquisadores liderado pelo doutor He Wang, da Academia Chinesa de Ciências, explicou que os espermatozoides estavam presentes em um pedaço de âmbar encontrado no Mianmar, país localizado no sudeste da Ásia

A descoberta foi publicada, nesta quarta-feira (16), em artigo na prestigiosa revista científica Journal of Royal Society.

Os espermatozoides pertencem a um crustáceo chamado pelos cientistas de “Myanmarcypris hui“.

A espécie de 500 milhões mede menos de um milímetro e está atualmente presente em oceanos, lagos e rios.

Eles foram descobertos foram encontrados dentro de um espécime feminino, indicando que ele foi fertilizado antes de ficar preso no âmbar.

Uma outra peculiaridade é que esses espermatozoides são considerados “gigantes” porque podem ser quatro vezes maior que o macho progenitor.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários